*Meu Perfil*

Nome: Everson Russo
Idade: 40......
Signo: Do amor da poesia e da paz
Sou: Um louco sonhador......
Amo: Deus e a vida.....















Photobucket


Photobucket


Photobucket




Photobucket


online




Photobucket



Photobucket













Photobucket















Photobucket



Photobucket



Photobucket







Photobucket



Photobucket



Photobucket

















Photobucket





Photobucket



Photobucket



Photobucket



Photobucket



Photobucket



Photobucket



Photobucket



Photobucket
























Meu perfil
BRASIL, Sudeste, BELO HORIZONTE, CARLOS PRATES, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Música, Esportes
MSN -

Histórico:

- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 31/07/2011 a 06/08/2011
- 24/07/2011 a 30/07/2011
- 17/07/2011 a 23/07/2011
- 03/07/2011 a 09/07/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 19/06/2011 a 25/06/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 29/05/2011 a 04/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 15/05/2011 a 21/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 01/05/2011 a 07/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 20/02/2011 a 26/02/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010
- 21/11/2010 a 27/11/2010
- 14/11/2010 a 20/11/2010
- 07/11/2010 a 13/11/2010
- 31/10/2010 a 06/11/2010
- 24/10/2010 a 30/10/2010
- 17/10/2010 a 23/10/2010
- 10/10/2010 a 16/10/2010
- 03/10/2010 a 09/10/2010
- 26/09/2010 a 02/10/2010
- 19/09/2010 a 25/09/2010
- 12/09/2010 a 18/09/2010
- 05/09/2010 a 11/09/2010
- 29/08/2010 a 04/09/2010
- 22/08/2010 a 28/08/2010
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 08/08/2010 a 14/08/2010
- 01/08/2010 a 07/08/2010
- 25/07/2010 a 31/07/2010
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 06/06/2010 a 12/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 23/05/2010 a 29/05/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 25/04/2010 a 01/05/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 04/04/2010 a 10/04/2010
- 28/03/2010 a 03/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 14/03/2010 a 20/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 28/02/2010 a 06/03/2010
- 21/02/2010 a 27/02/2010
- 14/02/2010 a 20/02/2010
- 07/02/2010 a 13/02/2010
- 31/01/2010 a 06/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 17/01/2010 a 23/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 03/01/2010 a 09/01/2010
- 27/12/2009 a 02/01/2010
- 20/12/2009 a 26/12/2009
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 06/12/2009 a 12/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 18/10/2009 a 24/10/2009
- 11/10/2009 a 17/10/2009
- 04/10/2009 a 10/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 06/09/2009 a 12/09/2009
- 30/08/2009 a 05/09/2009
- 23/08/2009 a 29/08/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 05/07/2009 a 11/07/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 07/06/2009 a 13/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 10/05/2009 a 16/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 12/04/2009 a 18/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 28/12/2008 a 03/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 14/12/2008 a 20/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 27/07/2008 a 02/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:





 





Pedido da Menina Bandys,Poetisa Estrelinha do Amor, é uma ordem,Legião Urbana,Faroeste Caboclo.

Faroeste Caboclo

Legião Urbana

Composição: Renato Russo

Não tinha medo o tal João de Santo Cristo
Era o que todos diziam quando ele se perdeu
Deixou pra trás todo o marasmo da fazenda
Só pra sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu
Quando criança só pensava em ser bandido
Ainda mais quando com um tiro de soldado o pai morreu
Era o terror da sertania onde morava
E na escola até o professor com ele aprendeu
Ia pra igreja só prá roubar o dinheiro
Que as velhinhas colocavam na caixinha do altar
Sentia mesmo que era mesmo diferente
Sentia que aquilo ali não era o seu lugar
Ele queria sair para ver o mar
E as coisas que ele via na televisão
Juntou dinheiro para poder viajar
De escolha própria, escolheu a solidão
Comia todas as menininhas da cidade
De tanto brincar de médico, aos doze era professor.
Aos quinze, foi mandado pro o reformatório
Onde aumentou seu ódio diante de tanto terror.
Não entendia como a vida funcionava
Discriminação por causa de sua classe ou sua cor
Ficou cansado de tentar achar resposta
E comprou uma passagem, foi direto a Salvador.
E lá chegando foi tomar um cafezinho
E encontrou um boiadeiro com quem foi falar
E o boiadeiro tinha uma passagem e ia perder a viagem
Mas João foi lhe salvar
Dizia ele: "Estou indo pra Brasília
Neste país lugar melhor não há
Estou precisando visitar a minha filha
Eu fico aqui e você vai no meu lugar"
E João aceitou sua proposta
E num ônibus entrou no Planalto Central
Ele ficou bestificado com a cidade
Saindo da rodoviária, viu as luzes de Natal
"Meu Deus, mas que cidade linda,
No Ano-Novo eu começo a trabalhar"
Cortar madeira, aprendiz de carpinteiro
Ganhava cem mil por mês em Taguatinga
Na sexta-feira ia pra zona da cidade
Gastar todo o seu dinheiro de rapaz trabalhador
E conhecia muita gente interessante
Até um neto bastardo do seu bisavô
Um peruano que vivia na Bolívia
E muitas coisas trazia de lá
Seu nome era Pablo e ele dizia
Que um negócio ele ia começar
E o Santo Cristo até a morte trabalhava
Mas o dinheiro não dava pra ele se alimentar
E ouvia às sete horas o noticiário
Que sempre dizia que o seu ministro ia ajudar
Mas ele não queria mais conversa
E decidiu que, como Pablo, ele ia se virar
Elaborou mais uma vez seu plano santo
E sem ser crucificado, a plantação foi começar.
Logo logo os maluco da cidade souberam da novidade:
"Tem bagulho bom ai!"
E João de Santo Cristo ficou rico
E acabou com todos os traficantes dali.
Fez amigos, freqüentava a Asa Norte
E ia pra festa de rock, pra se libertar
Mas de repente
Sob uma má influência dos boyzinho da cidade
Começou a roubar.
Já no primeiro roubo ele dançou
E pro inferno ele foi pela primeira vez
Violência e estupro do seu corpo
"Vocês vão ver, eu vou pegar vocês"
Agora o Santo Cristo era bandido
Destemido e temido no Distrito Federal
Não tinha nenhum medo de polícia
Capitão ou traficante, playboy ou general
Foi quando conheceu uma menina
E de todos os seus pecados ele se arrependeu
Maria Lúcia era uma menina linda
E o coração dele pra ela o Santo Cristo prometeu
Ele dizia que queria se casar
E carpinteiro ele voltou a ser
"Maria Lúcia pra sempre vou te amar
E um filho com você eu quero ter"
O tempo passa e um dia vem na porta
Um senhor de alta classe com dinheiro na mão
E ele faz uma proposta indecorosa
E diz que espera uma resposta, uma resposta do João
"Não boto bomba em banca de jornal
Nem em colégio de criança isso eu não faço não
E não protejo general de dez estrelas
Que fica atrás da mesa com o cú na mão
E é melhor senhor sair da minha casa
Nunca brinque com um Peixes de ascendente Escorpião"
Mas antes de sair, com ódio no olhar, o velho disse:
"Você perdeu sua vida, meu irmão
"Você perdeu a sua vida meu irmão
Você perdeu a sua vida meu irmão
Essas palavras vão entrar no coração
Eu vou sofrer as conseqüências como um cão"
Não é que o Santo Cristo estava certo
Seu futuro era incerto e ele não foi trabalhar
Se embebedou e no meio da bebedeira
Descobriu que tinha outro trabalhando em seu lugar
Falou com Pablo que queria um parceiro
E também tinha dinheiro e queria se armar
Pablo trazia o contrabando da Bolívia
E Santo Cristo revendia em Planaltina
Mas acontece que um tal de Jeremias,
Traficante de renome, apareceu por lá
Ficou sabendo dos planos de Santo Cristo
E decidiu que, com João ele ia acabar
Mas Pablo trouxe uma Winchester-22
E Santo Cristo já sabia atirar
E decidiu usar a arma só depois
Que Jeremias começasse a brigar
Jeremias, maconheiro sem-vergonha
Organizou a Rockonha e fez todo mundo dançar
Desvirginava mocinhas inocentes
Se dizia que era crente mas não sabia rezar
E Santo Cristo há muito não ia pra casa
E a saudade começou a apertar
"Eu vou me embora, eu vou ver Maria Lúcia
Já tá em tempo de a gente se casar"
Chegando em casa então ele chorou
E pro inferno ele foi pela segunda vez
Com Maria Lúcia Jeremias se casou
E um filho nela ele fez
Santo Cristo era só ódio por dentro
E então o Jeremias pra um duelo ele chamou
Amanhã às duas horas na Ceilândia
Em frente ao lote 14, é pra lá que eu vou
E você pode escolher as suas armas
Que eu acabo mesmo com você, seu porco traidor
E mato também Maria Lúcia
Aquela menina falsa pra quem jurei o meu amor
E o Santo Cristo não sabia o que fazer
Quando viu o repórter da televisão
Que deu notícia do duelo na TV
Dizendo a hora e o local e a razão
No sábado então, às duas horas,
Ttodo o povo sem demora foi lá só para assistir
Um homem que atirava pelas costas
E acertou o Santo Cristo, começou a sorrir
Sentindo o sangue na garganta,
João olhou pras bandeirinhas e pro povo a aplaudir
E olhou pro sorveteiro e pras câmeras e
A gente da TV que filmava tudo ali
E se lembrou de quando era uma criança
E de tudo o que vivera até ali
E decidiu entrar de vez naquela dança
"Se a via-crucis virou circo, estou aqui"
E nisso o sol cegou seus olhos
E então Maria Lúcia ele reconheceu
Ela trazia a Winchester-22
A arma que seu primo Pablo lhe deu
"Jeremias, eu sou homem. coisa que você não é
E não atiro pelas costas não
Olha pra cá filha-da-puta, sem-vergonha
Dá uma olhada no meu sangue e vem sentir o teu perdão"
E Santo Cristo com a Winchester-22
Deu cinco tiros no bandido traidor
Maria Lúcia se arrependeu depois
E morreu junto com João, seu protetor
E o povo declarava que João de Santo Cristo
Era santo porque sabia morrer
E a alta burguesia da cidade
Não acreditou na história que eles viram na TV
E João não conseguiu o que queria
Quando veio pra Brasília, com o diabo ter
Ele queria era falar pro presidente
Pra ajudar toda essa gente que só faz...
Sofrer...



- Postado por: Everson Russo às 13h12
[ ] [ envie esta mensagem ]





Vento No Litoral na voz do imortal Renato Russo

Banco de Imagem - pelado,  mulher, 
 sentando,  rocha. 
fotosearch - busca 
de fotos, imagens 
e clipart



- Postado por: Everson Russo às 14h47
[ ] [ envie esta mensagem ]





O TEMPESTADE ESTÁ NA SALA DE HOMENAGENS DO FONTE DE AMOR http://www.shalom.fonteamor.com/shalom_homenagem.htm

Há muito,muito tempo atrás,numa galáxia distante,uma banda chamada Aborto Elétrico,se desmembrou,e orfãos da poesia do grande Renato Russo,alguns musicos formaram outra banda,que de vez em quando acerta alguma coisa.Capital Inicial.

Fogo

Capital Inicial

Composição: Dinho Ouro Preto / Bozzo Barretti

(Uuuu...)
Você é tão acostumada
A sempre ter razão
(Huuum...)
Você é tão articulada
Quando fala não pede atenção

O poder de dominar é tentador
Eu já não sinto nada
Sou todo torpor

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, eu participo

Não consigo dizer se é bom ou mal
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá e o que quer que eu faça
Sem você não tem graça

(Uuu...)
Você sempre surpreende
E eu tento entender
(Huum...)
Você nunca se arrepende
Você gosta e sente até prazer

Mas se você me perguntar
Eu digo sim, eu continuo
Porque a chuva não cai
Só sobre mim

Vejo os outros;
Todos estão tentando
É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, eu participo

Não consigo dizer se é bom ou mal
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá e o que quer que eu faça
Sem você não tem graça

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo

Eu já não tenho escolha
Eu participo do seu jogo

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo

Eu já não tenho escolha
Eu participo do seu jogo, do seu jogo.



- Postado por: Everson Russo às 17h05
[ ] [ envie esta mensagem ]





Pedido da Poetisa Estrela do amor Bandys, Lara Fabien.

Africa And Rio

I hear the drums echoing tonight
But she hears only whispers of some quiet conversation
She's coming in twelve-thirty flight
Her moonlit wings reflect the stars that guide me towards salvation
I stopped an old man along the way
Hoping to find some old forgotten words or ancient melodies
He turned to me as if to say: "Hurry boy, it's waiting there for you"

It's gonna take a lot to drag me away from you
There's nothing that a hundred men or more could ever do
I bless the rains down in Africa
Gonna take some time to do the things we never had

Libre et rebelle
Tu es de celles
Qui dansent et bats
Au rythme de la samba
Ipanéma n'est pas que la fille que l'on croit

Dans cette ville
Le coeur dans l'eau
Une forêt
Est le refuge des bateaux
Toutes les nuits
Rouge est la lumière de sa peau

C'est plus la peine
Je ne suis plus la même

Rio
Ton Pain de Sucre est un oiseau
Jésus lui-même en a quitté sa croix
Il veille en toi les bras ouverts

Et tes enfants
De tous les sangs
Marchent sur les toits
Il n'y a pas que Guanahara
Le ballon au pied
Aucun rêve ne peut s'effondrer

L'hiver est mort
L'été, c'est janvier

Rio
Ton Pain de Sucre est un oiseau
Jésus lui-même en a quitté sa croix
Il veille en toi les bras ouverts

Rio
Carioca, c'est ça ton drapeau
Chaque couleur définissant ta foi

Vert Tijuca
Bleu nuit bossa
Jaune Copacabana
Blanche et Certi
L'eau est la terre
Où tu prends vie

Rio
Ton Pain de Sucre est un oiseau
Jésus lui-même en a quitté sa croix
Il veille en toi les bras ouverts

Rio fala do amor
Rio fala do amor
Rio fala do amor

Rio fala do amor
Rio fala do amor
Rio fala do amor.



- Postado por: Everson Russo às 16h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





O TEMPESTADE ESTÁ NA SALA DE HOMENAGENS DO FONTE DE AMOR http://www.shalom.fonteamor.com/shalom_homenagem.htm

A voz marcante de Phill Collins

Banco de Imagem - topless,  polynesian, 
 mulher,  longo, 
 auburn,  cabelo, 
 azul,  pareo. 
fotosearch - busca 
de fotos, imagens 
e clipart

Another Day In Paradise

Phill Collins

SHE CALLS OUT TO THE MAN ON THE STREET
"SIR, CAN YOU HELP ME?
IT´S COLD AND I´VE NOWHERE TO SLEEP
IS THERE SOMEWHERE YOU CAN TELL ME?"
HE WALKS ON, DOESN´T LOOK BACK
HE PRETENDS HE CAN´T HEAR HER
STARTS TO WHISTLE AS HE CROSSES THE STREET
SEEMS EMBARRASED TO BE THERE
OH, THINK TWICE
CAUSE IT´S JUST ANOTHER DAY FOR YOU 'M ME IN PARADISE
OH, THINK TWICE
CAUSE IT´S JUST ANOTHER DAY FOR YOU
YOU AND ME IN PARADISE
THINK ABOUT IT
SHE CALLS OUT TO THE MAN ON THE STREET
HE CAN SEE SHE´S BEEN CRYING
SHE´S GOT BLISTERS ON THE SOLES OF HER FEET
SHE CAN´T WALK BUT SHE´S TRYING
OH, THINK TWICE...
JUST THINK ABOUT IT
OH, LORD, IS THERE NOTHING MORE ANYBODY CAN DO?
OH, LORD, THERE MUST BE SOMETHING YOU CAN SAY
YOU CAN TELL FROM THE LINES ON HER FACE
YOU CAN SEE THAT SHE´S BEEN THERE
PROBABLY BEEN MOVED ON FROM EVERY PLACE
´CAUSE SHE DIDN´T FIT IN THERE
OH, THINK TWICE...
IT´S JUST ANOTHER DAY
FOR YOU AND ME IN PARADISE

Outro Dia No Paraíso



Ela se dirige ao homem na rua
"O senhor você pode me ajudar?
Está frio e não tenho onde dormir,
Há algum lugar que o senhor possa me indicar?"

Ele continua andando, não olha pra trás
Finge que não pode ouvi-la
Começa a assobiar enquanto atravessa a rua
Parece embaraçado por estar ali

Refrão:
Oh, pense duas vezes, é outro dia para
Você e eu no paraíso
Oh, pense duas vezes, é só mais um dia pra você,
Você e eu no paraíso

Ela se dirige ao homem na rua
Ele pode ver que ela esteve chorando
Ela tem bolhas na sola dos pés
Ela não pode andar, mas está tentando

Oh, pense duas vezes...

Oh, Senhor*, será que não há nada que alguém possa fazer?
Oh, Senhor, deve haver algo que Você possa dizer

Pode-se dizer pelas marcas no rosto dela
Pode-se ver que ela esteve lá
Provavelmente se mudando de cada lugar
Por não ter se encaixado lá

Oh, pense duas vezes...



- Postado por: Everson Russo às 14h39
[ ] [ envie esta mensagem ]





Antes Das Seis

Legião Urbana

Composição: Renato Russo

Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Vem e me diz o que aconteceu
Faz de conta que passou
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Daqui vejo seu descanso
Perto do seu travesseiro
Depois quero ver se acerto
Dos dois quem acorda primeiro
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Quem inventou o amor?
Me explica por favor
Enquanto a vida vai e vem
Você procura achar alguém
Que um dia possa lhe dizer
-Quero ficar só com você
Quem inventou o amor?



- Postado por: Everson Russo às 12h08
[ ] [ envie esta mensagem ]



 










Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket



Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket



Blogagem Colectiva para Flávia em 9/Set/2008










Photobucket
Photobucket
Photobucket
r>































WALK ON FOREVER,MONICAVOX






Photobucket

Photobucket

Photobucket





Photobucket

Photobucket

Photobucket










Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

:: Mimo Dia do Amigo ::